Não existem direitos humanos mais, ou menos importantes.

O valor da dignidade humana, incorporado pela Declaração Universal
de 1948, constitui o norte e o lastro ético dos demais instrumentos internacionais de proteção dos direitos humanos.
Além de afirmar a universalidade dos direitos humanos, a Declaração Universal acolhe a ideia da indivisibilidade dos direitos humanos, a partir de uma visão integral de direitos.
A garantia dos direitos civis e políticos é condição para a observância dos direitos sociais,econômicos e culturais e vice versa.Quando um deles é violado, os demais também o são.
Os direitos humanos compõem, assim, uma unidade indivisível, interdependente e inter-relacionada, capaz de conjugar o catálogo de direitos civis e políticos com o catálogo de
direitos sociais, econômicos e culturais.

(mais…)

Anúncios

Setembro 26, 2012. vídeos/ textos. Deixe um comentário.

Direitos Humanos

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade”.

De Acordo com a ONU

Um processo lento e sangrento, durante um longo período da história fez com que a humanidade dissesse: Chega! Não se pode mais admitir que tais atrocidades se repitam. E mesmo que todos , de forma inconsciente soubessem os direitos do homem,a partir daquele dia eles estavam positivados,assegurados pela lei e não poderiam mais ser ignorados. Passando a ser chamados DIREITOS HUMANOS.

Setembro 25, 2012. vídeos/ textos. Deixe um comentário.

Direitos Humanos

Sob a Ótica de 5 Estudantes

ONU Brasil

Sob a Ótica de 5 Estudantes